Eduardo Bolsonaro Fala Sobre ‘plano oculto’ de Esquerdistas Para Impeachment do Presidente

'plano oculto' de Esquerdistas

O deputado federal Eduardo Bolsonaro, fez uma transmissão ao vivo, advertiu a respeito de um plano de políticos esquerdistas para defamar o governo do presidente Jair Bolsonaro e, se possível, “empurrar” um processo de impeachment.

Segundo Eduardo, ‘plano oculto’ de Esquerdistas se baseia neste relato, ele acusou o deputado federal Delegado Waldir de facilitar estas movimentações de petistas quando retirou os defensores de Bolsonaro dos quadros da comissão para a CPMI das “fake news”.

Veja também:

 

Waldir Retirou Deputados Militares da Comissão

“O delegado Waldir, líder do PSL, retirou os deputados militares da comissão que analisa a previdência dos militares. Ele retirou da CPMI das ‘fake news’ os deputados mais atuantes, Filipe Barros e Caroline de Toni. Essa CPMI é perigosíssima, tenta desgastar o governo e, se der; vão tentar empurrar um impeachment no final”, disse Eduardo Bolsonaro.

O delegado Waldir também disse que quando fez a ameaça de “implodir” o presidente, gravada na reunião; isto está relacionado aos áudios em que Bolsonaro tenta convencer deputados a apoiar o nome de Eduardo. O líder do PSL também acredita na possibilidade de isso poder ser usado como argumento para um eventual processo de impeachment do presidente.

Durante essa gravação durante a reunião, ele (Waldir) chamou o presidente de vagabundo.

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Delegado Waldir Admite Derrota, Eduardo Bolsonaro é o Novo Lider do PSL
  2. Globo Procura Envolver Bolsonaro com a Morte de Marielle - Falar Sobre

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*