O Observatório Spektr-RG Foi Lançado Com Sucesso do Cosmódromo de Baikonur

O Observatório
© Sergey Savostianov/TASS archive

Neste sábado a Rússia, utilizando o foguete Proton-M, lançou com sucesso o observatório espacial Spektr-RG; a partir do Cosmódromo de Baikonur. A informação foi realizada pela agência espacial Roscosmos. Esperava-se que o Proton decolasse do Cosmódromo de Baikonur no mês passado, antes de ser necessário um atraso para substituir algumas baterias defeituosas na espaçonave. Com a ajuda de um estágio superior do Blok DM-03, esta missão implantou sua carga duas horas após o lançamento.

Segundo Roscosmos, no site oficial, a Comissão Estadual, que se reuniu em 13 de julho de 2019, no Cosmódromo de Baikonur, decidiu preparar o foguete espacial Proton-M como parte do estágio superior do DM-03 e do observatório Spektr-RG; para reabastecer componentes e um lançamento; programado para 15:30:57 horário de Moscou, para este sábado 13 de julho.

Projeto Internacional

“O motor principal do estágio superior do Blok DM-03 foi acionado pela primeira vez em um modo programado”, disse o comunicado. O satélite Spektr-RG é uma colaboração internacional liderada pela Agência Espacial Federal Russa, Roskosmos em parceria com o Centro Aeroespacial Alemão, DLR, e universidades e institutos de pesquisa na Rússia e na Alemanha. É o segundo de três satélites na série Spektr da Roskosmos; que visa pesquisar o cosmos através de uma ampla gama de frequências eletromagnéticas. O Spektr-RG cobre a região dos raios X do espectro.

Spektr-RG, cujo nome significa Spectrum-Roentgen Gamma; é especializado em radioastronomia. Seu antecessor, o satélite Spektr-R ultrapassou sua vida útil de cinco anos; mas encerrou suas operações em janeiro de 2019 os controladores inesperadamente perderam contato com o satélite. As tentativas de restaurar as comunicações continuaram até o final de maio; quando Spektr-R foi declarado perdido. Um terceiro satélite, o Spektr-UF, deverá ser lançado em 2025 e será equipado para observações de luz visível e ultravioleta.

O Observatório – Sua Missão

A missão do Spektr-RG se baseará na pesquisa conduzida pelos satélites anteriores de astronomia por raios-x. O Spektr-RG foi projetado para conduzir uma série de oito levantamentos de raios X de céu inteiro, cada um com duração de seis meses; nos primeiros quatro anos de operação antes de começar observações mais detalhadas de alvos específicos de interesse em altas energias. A missão deve durar pelo menos seis anos e meio de observações científicas.

Usando seus dois telescópios de raios-x, a principal missão para o observatório Spektr-RG é encontrar e mapear todos os aglomerados de galáxias em massa no universo observável em comprimentos de onda de raios-x. Ao observar o universo em comprimentos de onda de raios-X; o Spektr-RG será capaz de ver detalhes que podem ser obscurecidos por energias mais baixas.

Veja também:

Um dos Objetivos é Compreender a matéria Escura

Ele também procurará núcleos galácticos ativos – buracos negros supermassivos no coração de outras galáxias – bem como regiões de formação de estrelas, formando estrelas anãs brancas e estrelas com coronas ativas; e estudará as emissões de raios X dos meios interestelares e intergalácticos.

Os cientistas esperam que o satélite ajude a dar uma maior compreensão dos papéis da matéria escura e da energia escura no estabelecimento da estrutura do universo e dos ciclos de vida dos buracos negros supermassivos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*