O Homem Chegou à Lua – O Que Pensam as Pessoas Que Não Acreditam

O Homem Chegou à Lua
Crédito: NASA

Após cinquenta anos do feito histórico quando o homem chegou à lua; e quando  o astronauta Neil Armstrong deu seu famoso primeiro passo no solo lunar, dizendo aquela famosa frase: “pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”; muitas pessoas continuam não acreditando nesta façanha, pois os argumentos ou as teorias da conspiração (como é conhecido) são muitos. Uma das teorias mais comentadas é que a chegada do homem à Lua foi encenada com ajuda de técnicas do cinema.

Quantos hoje acreditam que os seis desembarques tripulada na lua (de 1969 à 1972) foram falsificados e que 12 astronautas da Apollo não andaram na lua? Uma pesquisa de 1999 do instituto Gallup descobriu que apenas 6% dos americanos duvidavam da aterrissagem da Apollo 11 na Lua.

As teorias e a Internet

Mas o século 21 trouxe um aumento no uso da internet e isto ajudou a criar um padrão diferente de comportamento na mídia. Desta forma esse número aumentou, de modo que a entrada da Wikipedia sobre este assunto (Teorias da Conspiração do Pouso na Lua) agora sugere:

Pesquisas de opinião realizadas em vários locais mostraram que entre 6% e 20% dos americanos; 25% dos britânicos e 28% dos russos entrevistados acreditam que os desembarques tripulados foram falsificados.

Um dos primeiros promotores da teoria da conspiração para o pouso na lua foi a rede de televisão Fox, que, em 2001; exibiu um documentário no estilo do documentário intitulado Teoria da Conspiração: Será que Nós Pousamos na Lua ? Alegou que a NASA falsificou o primeiro pouso em 1969 para ganhar a Corrida Espacial.

As Teorias da Conspiração

O filme apresentou “evidências” de decepção, incluindo fotos que não mostram estrelas no céu lunar e bandeiras americanas ondulando na lua; apesar do fato de não haver ar ou vento. Mostrou esquisitices de fotografia e filme. Também apresentou o que se tornou uma das alegações mais duradouras dos fraudadores: que os astronautas não poderiam ter passado pelos cinturões de radiação de Van Allen, e chegar à lua.

Todas essas alegações foram explicadas com os fatos, é claro; mas como tem se tornado cada vez mais evidente para todos nós nos últimos anos, os seres humanos frequentemente não baseiam suas conclusões em fatos.

Desde então, muitos sites tiveram algum sucesso com a ideia de que o programa Apollo não era nada mais do que uma ficção construída nos Estados Unidos para “vencer” a corrida espacial entre os Estados Unidos e União Soviética.

Alguns Argumentos

As imagens quando o homem chegou à lua teriam sido feitas em uma base militar secreta, situada no deserto de Nevada, com efeitos especiais de Hollywood; como os do filme Space Odyssey, de Stanley Kubrick, de 2001; inclusive foi considerado suspeito de colaborar com a NASA. É uma tese que está entre as muitas teorias que desafiam versões oficiais de grandes eventos, como os ataques de 11 de setembro.

Em 1974, dois anos após o fim do programa lunar americano; Bill Kaysing publica “Nunca Fomos à Lua: o golpe de US $ 30 bilhões”. Ele enfatiza que muitas “inconsistências” nas imagens da NASA; como a ausência de estrelas no céu, a bandeira americana tremulando ao vento (pois a lua não tem atmosfera) espaçonaves que posam sem formar crateras no chão, entre outros; são observações que o levam a afirmar que essas imagens foram filmadas na Terra.

Os Resultados Obtidos

Em 1999, uma pesquisa do instituto de pesquisas Gallup indicou que 6% dos americanos achavam que as missões da Apollo haviam sido manipuladas; e 5% dos entrevistados admitiram não ter certeza sobre a questão. Com este “ceticismo” houve outra transmissão polêmica com um documentário da Fox TV, intitulado “Teoria da Conspiração: Nós Andamos na Lua?”, de Craig Tipley. Ele repetiu e colocou os argumentos com fotos do Sr. Bill Kaysing. Transmitido duas vezes para 15 milhões de telespectadores; aumentando assim a proporção de “céticos” de 6% para 20%, de acordo com uma pesquisa da Fox.

Foto da NASA

Nos últimos anos, a missão Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) da NASA retornou imagens da superfície da lua (tiradas da órbita) mostrando as sombras dos vários landers da Apollo. A LRO também adquiriu imagens de cinco das seis bandeiras americanas das missões Apollo na lua; apenas a primeira bandeira a ser colocada (pela tripulação da Apollo 11) agora está na superfície lunar depois de ter sido acidentalmente derrubada pelo escapamento do foguete de decolagem.

Em 2009, o Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) da NASA retornou sua primeira imagem dos locais de pouso na lua da Apollo. As imagens mostram os landers lunares das missões Apollo na superfície da lua. As imagens foram propositadamente obtidas em um ângulo de sol baixo; para que você possa ver as sombras dos terminais de aterrissagem nas vistas maiores.

O Homem Chegou à Lua
Uma vista maior do módulo lunar Apollo 14, Antares, adquirido em 2009. Largura da imagem exibida: 1.765 pés (538 metros). Imagem via NASA / Lunar Reconnaissance Orbiter.

O Homem Chegou à Lua – A NASA Sugere o Senso Comum

Segundo a NASA as amostras de solo lunar que fornecem o argumento mais forte. David McKay, diretor de pesquisas do Johnson Space Center da Nasa; aponta que essas rochas foram analisadas por cientistas de todo o mundo, não apenas pela NASA. “As amostras lunares são absolutamente únicas, muito diferentes das rochas terrestres”, explica ele; “porque estão cheias de pequenas crateras causadas por impactos de meteoritos. ” Isso só pode acontecer com pedras vindas de um planeta. com pouca ou nenhuma atmosfera, como a lua “.
Isso complica um pouco as coisas para os defensores da teoria da conspiração. Para que isso aconteça, também seria necessário que milhares de geomorfólogos e geoquímicos fossem incluídos na conspiração; junto com milhares de cientistas e engenheiros do programa Apollo. A hipótese da encenação, é tão implausível que até a União Soviética nunca confirmou.

Motivação das Teorias

Uma observação que se deve levar em consideração é que um projeto tão caro; envolve vários setores da sociedade como político, social, econômico. Isto envolve sem dúvidas muitos interesses e certamente essas teorias estão longe de acabar. O mais provável é que irão surgir mais teorias com o passar do tempo; principalmente porque alguns argumentos usados nestas teorias, são realmente fortes.

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. O Observatório Spektr-RG Foi Lançado Com Sucesso do Cosmódromo de Baikonur
  2. Missão da Índia de Lançamento ao Polo Sul da Lua é Cancelado

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*