O Convite de Bachelet a Ana Estela Haddad é Ironizado Por Bolsonaro

Ironizado Por Bolsonaro
Foto: Lúcio Távora- 3.set.2019/Xinhua

Na madruga desta sexta-deira (06), Bolsonaro fez um post em seu perfil no Facebook ironizando o convite feito pela ex-pesidente do Chile Michelle Bachelet, atual comissária da ONU para direitos humanos; para Ana Estela Haddad, esposa de Fernando Haddad (PT) adversário de Jair Bolsonaro nas eleições de 2018.

Na postagem, Jair Bolsonaro escreveu para as pessoas tirarem suas próprias conclusões; isto em referência aos comentários feitos depois do presidente Bolsonaro responder a declaração de Bachelet que citou seu pai como vítima da ditadura de Augusto Pinochet.

Veja também:

 

O Convite de Michelle

Conforme artigo da Folha de S.Paulo; o convite é para que Ana integre uma rede internacional de proteção à infância na América Latina. O convite se deve a experiência de políticas públicas de Ana durante a gestão na prefeitura de São Paulo por Fernando Haddad no período de 2013 a 2016.

O presidente Bolsonaro escreveu nas redes sociais: “Michelle Bachelet, seguindo a linha de Macron em se intrometer nos assuntos internos e na soberania brasileira; investe contra o Brasil na agenda de direitos humanos (de bandidos), atacando nossos valorosos policiais civis e militares”.

E acrescentou: “Diz ainda que o Brasil perde espaço democrático; mas se esquece que seu país só não é uma Cuba graças aos que tiveram a coragem de dar um basta à esquerda em 1973, entre esses comunistas o seu pai brigadeiro à época”.

“Redução do Espaço Cívico…”

A declaração que Michelle fez em uma conferência da ONU, desagradou Bolsonaro. “Nos últimos meses, observamos (no Brasil) uma redução do espaço cívico e democrático, caracterizado por ataques contra defensores dos direitos humanos; restrições impostas ao trabalho da sociedade civil”, segundo Michelle.
Gostaria de fazer uma observação. da mesma forma que desagradaria qualquer governo; pois é um ataque direto ao trabalho e sistema de governo do presidente e utilizando argumentos duvidosos. Sabemos que não houve redução de espaço cívico, democrático, ataques a defensores dos direitos humanos e restrições ao trabalho da sociedade civil. Nota-se claramente um ataque ao governo de Bolsonaro, muito provavelmente por ele ser um militar e da direita.

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Estado de Saúde de Bolsonaro Após a Cirurgia Deste Domingo
  2. Bolsonaro Fez Desabafo Devido Matéria da UOL e Folha de São Paulo

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*