Nova Atualização do Windows Traz Maior Alívio Para os Usuários

Atualizações do sistema operacional Windows sempre foram um dos recursos mais irritantes. Mesmo com o Windows 10, as atualizações foram bastante agressivas; forçando os usuários a reiniciar seu PC ou laptop para instalar as atualizações. Embora a Microsoft já tenha adicionado um recurso que permite aos usuários agendar um horário para instalar as atualizações; isso não parece ajudar muito. Vários usuários ainda enfrentam o problema em que o Windows 10 se reinicia entre as ações importantes sem dar qualquer aviso prévio.

Foi postado em um blog recentemente; que a Microsoft finalmente anunciou que agora concederá aos usuários a permissão para gerenciar e controlar o Windows Update. Parece que a empresa está voltando a forma ou método de atualização dos velhos tempos. O novo recurso está previsto para ser lançado juntamente com a atualização de maio de 2019.

Opção “Download e instalação”

Após a nova atualização do Windows a partir desta data, será adicionada a opção chamada “Download e instalação” para permitir que os usuários revisem; baixem e instalem as atualizações conforme sua opção. Os usuários ainda podem verificar manualmente as atualizações para segurança e outras atualizações, mas isso depende da preferência do usuário; se deseja fazer o download e instalar a atualização “agora” ou “algum tempo depois”.

“Estamos tomando outras medidas para ter certeza da qualidade da atualização de maio de 2019. Aumentaremos a quantidade de tempo que a Nova Atualização do Windows de maio de 2019 gasta na fase de Prévia do Release e trabalharemos em estreita colaboração com os parceiros do ecossistema durante essa fase para obter de forma proativa mais comentários antecipados sobre essa versão ”, disse a Microsoft em um post no blog.

Segundo o mesmo blog, a Microsoft notificaria automaticamente os usuários quando uma atualização de recurso estivesse disponível. A atualização de maio de 2019 também adicionará um novo recurso chamado Horas ativas inteligentes para evitar reinicializações de atualização disruptiva. Ele permitirá que o Windows Update “inteligentemente” ajuste as horas ativas com base nos padrões de uso específicos do dispositivo. Também haverá uma opção para estender a capacidade de pausar as atualizações por até 35 dias. Após o período de pausa de 35 dias, os usuários não poderão pausar a atualização e terão que instalá-la.

Em outras palavras as atualizações do Windows; continuam sendo obrigatórias, os usuários somente terão um prazo maior para decidirem quando devem fazer e quais opções de atualização irão utilizar.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*