Novidades na Energia Eólica – Cai o Preço da Energia

Os ventos foram favoráveis para a produção de eletricidade através dos recursos eólicos por toda a Europa. A produção eólica atingiu mesmo valores que já não eram registados há muito tempo.

Como consequência dos ventos elevados, houve uma queda generalizada dos preços da eletricidade nos principais mercados Europeus.

Somente o Reino Unido, que apesar de ser um dos países com mais recursos eólicos, a sua produção de energia não consegue alcançar índices de outros países.

Também não podemos esquecer que devido às temperaturas elevadas registadas nos últimos dias significa uma procura inferior por eletricidade. Esta é a combinação perfeita, ventos elevados e um procura reduzida é equivalente a preços de eletricidade baixos.

No caso da Alemanha, o domingo finalizou com um preço médio de -6.74 euros/MWh, no total obteve-se um preço negativo durante 10 horas.

O PREÇO MAIS BAIXO FOI ATINGIDO ÀS 14H00 EM QUE ALCANÇOU OS -75 EUROS/MWH, ALGO NUNCA VISTO NA ALEMANHA.

Estes acontecimentos na prática resulta que se durante essas 10 horas um consumidor alemão tivesse consumido montantes de energia significativos, o seu comercializador teria de pagar-lhe por isso.

Temos de levar em conta que com as taxas e impostos o resultado final da fatura seria sempre positivo para o comercializador.

No caso Francês também foi atingido um valor reduzido devido à potência eólica Alemã. O preço médio na França foi de 15 euros/MWh, é importante referir que às 15h00 conseguiram-se valores negativos durante aproximadamente 1 hora, nesse momento o preço de mercado chegou aos -2 euros/MWh.

Suíça também conseguiu no domingo preços de energia elétrica negativos, em que esteve com preços negativos das 12 horas às 17 horas, o preço mais baixo também foi alcançado às 15h00 momento em que quase atingiu os -50 euros/MWh.

Em Portugal a produção atingiu um novo máximo histórico na madrugada de segunda-feira, em que foi possível obter uma produção de 4.454 Megawatts, este valor foi segundo a superior em cinco Megawatts do valor máximo anterior registado.

Segundo a REN, teria sido possível abastecer a totalidade do consumo energético Português durante três horas onde foi registado valores de vento elevados.

2 Comentários

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*