Eduardo Bolsonaro e Alexandre Frota Trocaram Acusações durante a CPMI das Fake News

Eduardo Bolsonaro e Alexandre Frota Trocam Acusações

Durante a CPMI das Fake News que ocorreu nesta quarta-feira (30), em Brasília; Eduardo Bolsonaro e  Alexandre Frota trocaram acusações e até baixaram o nível. A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito foi criada no congresso para apurar as chamadas fake news; que corresponde a produção e divulgação de notícias falsas na internet.

Após alguns debates, o foco principal deixou de ser o assunto da CPMI e passou a dominar troca de farpas entre Eduardo e Alexandre. Eduardo Bolsonaro lembrou da carreira artística do parlamentar do PSDB, a respeito de seus filmes pornôs.

Veja também:

 

“A presença do Alexandre Frota aqui já é um escárnio…”

Frota criticou o presidente Jair Bolsonaro (PSL), acusando-o de financiar e proteger “terroristas virtuais”. Depois desta acusação a discussão atingiu seu ápice quando Eduardo Bolsonaro declarou que o ex-aliado “era menos promíscuo quando fazia filme pornô”. Frota rebateu dizendo: “eu sei que você gosta”.

Segundo a versão do parlamentar, o qual sugeriu o impeachment de Bolsonaro; o Planalto mantém toda uma estrutura de “milícias digitais” objetivando espalhar fake news e atacar adversários.

Eduardo Bolsonaro pediu a palavra e disse: “A presença do Alexandre Frota aqui já é um escárnio com a sociedade brasileira”.

“Eu  não vou ficar aqui ficar fazendo pergunta ou nada desse tipo porque eu tenho mais o que fazer, tenho que trabalhar ao invés de ouvir baboseiras ou ilações sem qualquer conexão com a verdade. Espero que o senhor aproveite seus tempos aqui com o pessoal de PT fazendo massagem no ego do senhor”, acrescentou o deputado.

A População Tem Aversão a Esse Tipo de Conduta

Durante a sua fala, Eduardo afirmou que “as pessoas, a população em geral, têm aversão a esse tipo de conduta: a pessoa é muito seu amigo, dá tapa nas costas, aí é eleito, depois muda de lado. Eu fico impressionado. Eu fico impressionado de ver”.

Alexandre Frota perguntou: “Quem falou que eu mudei de lado?”

“Depois você continua as mentiras. Não tenho medo de cara feia. Para mim, você é só mais um”, replicou Eduardo.

“Para mim, você também é só mais um”, respondeu Frota.

“É só mais um traíra, que traiu e apunhalou o presidente (Bolsonaro) pelas costas. O senhor era menos promíscuo quando o senhor fazia filme pornô. Hoje em dia, essa promiscuidade enoja o Brasil inteiro”, rebateu Eduardo Bolsonaro.

“Mas você assistia muito, né?”, comentou Frota, o que provocou risos entre as pessoas presentes.

“Não, nem um pouco”, respondeu Eduardo Bolsonaro.

“Eu sei que você gosta”, assegurou Frota.

A CPMI Possui Narrativa Contrária ao Governo

Neste momento Eduardo Bolsonaro comentou como a CPMI das Fake News possui uma tentativa de consolidar uma narrativa contrária ao governo Bolsonaro.

“Essa CPMI não serve a outra coisa que não criar essa narrativa. O próprio proponente dessa CPMI das Fake News, deputado Alexandre Leite (DEM-SP),
disse que a intenção dele era investigar outras coisas, mas uma CPMI a gente sabe como começa e não sabe como é que termina. A gente está hoje aqui,
ouvindo Alexandre Frota, chamando Joice (Hasselmann, deputada PSL-SP), mais quem? Bruno Gagliasso, Caetano Veloso, pessoas que têm como única missão
tentar destruir o governo Bolsonaro”, disse Eduardo.

“Aqui, na verdade, virou um palco político. Vou me retirar porque não vou perder meu tempo. Vai continuar falando à vontade as mentiras que ele quiser. Espero não retornar mais a esse assunto aqui. Quem sabe voltando a ser ator de filme pornô…”

Novamente Frota provocou: “E você gosta”.

“Não gosto”, repetiu Eduardo.

“Gosta que eu sei”, continou Frota de novo.

Abaixo o vídeo mostra a discussão:

1 Trackback / Pingback

  1. Bolsonaro Fala Sobre Criação do Novo Partido, Mídia e BRICS

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*