Eduardo Bolsonaro Cancela Ida aos EUA Com o Cargo Embaixador e Denuncia ‘podres’ do PT

Eduardo Bolsonaro Cancela Ida aos EUA
Foto: Fabio Pozzebom/Agência Brasil

Eduardo Bolsonaro Cancela Ida aos EUA como embaixador após conquistar liderança do PSL na Câmara. Ele fez um pronunciamento na Câmara dos Deputados,e anunciou oficialmente o cancelamento de sua viagem e disse que fica no Brasil para defender pauta conservadora.

Após ser ter ganho a liderança do PSL na Câmara; o filho do presidente e deputado federal Eduardo Bolsonaro (SP) alegou que já pensava há algum tempo nesta decisão e disse que a vitória pela liderança do partido na Câmara não influenciou sua desistência.

Veja também:

“Tem a questão do meu eleitorado.”

“Foi uma decisão que eu estava pensando há muito tempo. Não foi esse [ser líder do partido] o fator determinante para minha desistência de ser embaixador”, comentou Eduardo para os jornalistas sobre a desistência. “Tem a questão do meu eleitorado. Confesso, não era a maioria que estava apoiando ali”, disse ele.

Durante o discurso no plenário, ele também disse que fica no Brasil para defender “princípios conservadores”. Ele enfatizou que teria legitimidade para desempenhar o trabalho em Washington ao comparar sua indicação à do ex-senador e ex-deputado federal Tilden Santiago; que então na época filiado ao PT. Tilden Santiago foi nomeado ao cargo de embaixador em Cuba pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2003.

Os “podres” da política externa petista.

Fazendo esta comparação, Eduardo disse: “Embaixador é alguém que representa o Brasil no exterior, e se um político que não conseguiu se eleger for representar todo o conjunto dos brasileiros no exterior, o que dizer então sobre o deputado mais votado da história do país? Certamente não me faltaria legitimidade”.

No mesmo discurso no plenário, também denunciou os “podres” da política externa petista.

“Quem não se revoltou com R$1,3 bilhão enviados por ano para a ditadura cubana com o trabalho escravo no Mais Médicos? O financiamento do BNDES para a Odebrecht construir o Porto de Mariel em Cuba e outras obras utilizando o mesmo esquema? Dinheiro esse suspeito de retornar dentro de caixas de uísque para Lula, conforme afirmou, em sua delação, Antônio Palocci”, disse o parlamentar.

“Era o Brasil se aproximando de regimes autoritários que são a escória do mundo. Regimes que massacram as liberdades individuais. Para reverter essa imagem, é importante ter um bom embaixador em Washington”, comentou o deputado.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*